Dois grandes mitos sobre medicação e TDAH

Durante todos esses anos nessa indústria vital, já vi pessoas se orgulharem por ser TDAH, outros que sofreram e desejariam nunca ter nascido TDAH, alguns felizes com o tratamento, outros sem tratamento, gente que é medicada, pessoas que se orgulham por não serem medicadas… Uma coisa é frequente: O MEDO! Medo de se tornar dependente,…

Tenho TDAH?

Cada vez mais o TDAH tem sido conhecido pelas pessoas, e isso tem feito com que muitos tenham se perguntado: “Eu tenho TDAH?”. A missão desse post é ajudar a entendermos alguns pontos que contribuem para encontrarmos essa resposta! 🙂

Um apelo: incentive!

Esse texto é, na real, um apelo. Um pedido a professores, pais, parentes, amigos, profissionais de saúde e a quem mais couber.

TDAH e suicídio #setembroamarelo

Suicídio é um tabu dentro da sociedade, mas é um assunto que a cada dia mais precisa ser debatido. Em ocasião do mês internacional de prevenção ao suicídio (Setembro Amarelo), eu trouxe essa temática para ser discutida junto ao TDAH: qual a relação do TDAH com o suicídio?

“Acho que tenho TDAH!”

Autodiagnósticos e automedicações são práticas muito comuns e muito nocivas quando se fala sobre TDAH. Devemos ficar cientes que estas só podem vir de um profissional habilitado para tal. Saiba mais sobre nesse nosso artigo!

Pontos positivos de TDAH

Ainda acredita-se que o TDAH é um transtorno em todo ruim, mas – assim como tudo na vida – possui pontos positivos que podem ser encontrados e aproveitados. Saiba mais sobre!